StarTalk: startupeiros em espaços públicos de Parnaíba

StarTalk: startupeiros em espaços públicos de Parnaíba

A cidade de Parnaíba há tempos vem se destacando quando o assunto é o empreendedorismo aliado à inovação tecnológica. Berço do primeiro Pólo de Tecnologia do Piauí (2015), a cidade movimenta sua indústria criativa levando oportunidade a jovens empreendedores.

Nasce o movimento StarTalk: de startupeiros para startupeiros. O encontro destina-se a quebrar barreiras quando o assunto é startups. Quinzenalmente, jovens estudantes, empresários, professores e entusiastas no assunto, reúnem-se em bares e restaurantes da cidade com o interesse de trocar conhecimento, discutir assuntos ligados ao mercado de startups e criar uma rede de relacionamento.

Para Caio Farias, CEO da startup Lici (vencedora do ciclo 2019 do programa Like a Boss, ofertado pelo SEBRAE Parnaíba), faz-se necessário este movimento para que atraia novos membros das mais diversas áreas de conhecimento que não apenas a Computação. “Uma startup é feita por pessoas. A tecnologia apenas se oferece como ferramenta para criação da aplicação, resultado da ideia inovadora”.

O SEBRAE vem fomentando o nascimento e crescimento de startups no Piauí. O SEBRAE Like a Boss visa aumentar o grau de maturidade das startups participantes, oferecendo capacitação e consultoria para os empreendedores de acordo com o seu estágio. “Nosso objetivo é receber sua ideia de negócio e poder transformá-la em um produto escalável e repetível com uma proposta de valor inovadora”, afirma Isabela Karinne, Gerente Regional UR Parnaíba – SEBRAE/PI.

O professor Rodrigo Baluz, um dos idealizadores do StarTalk, afirma que o encontro regular em espaços públicos aproxima a sociedade parnaibana do empreendedorismo tecnológico, desmistificando que a inovação é feita apenas dentro de empresas e/ou universidades. “Precisamos mostrar alternativas de crescimento sustentável para a região da Planície Litorânea, oportunizando a esta geração novas formas de sucesso no mercado de trabalho”, complementa.
Aos interessados em acompanhar o movimento StarTalk: de startupeiros para startupeiros, podem participar do grupo no WhatsApp clicando aqui.

 

Texto: Rodrigo Baluz.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *