Inovação e renovação 6 meses após a pandemia do coronavírus

Quem imaginaria que o mundo em 2020 não seria mais o mesmo? A realidade é que não tinha como prever esse surto de doença infecciosa chamada popularmente de coronavírus.

Como a população está após 6 meses?

Após 6 meses de reclusão e isolamento social o clima continua de incerteza, algumas cidades estão reabrindo seus comércios, já em outras não há previsão de reabertura. A grande verdade é que não existe o certo ou errado, vivemos em épocas de incertezas e experimentações, arrisco dizer que mesmo com a abertura do comércio, todos nós deveríamos manter cautela na visitação de lugares com maior fluxo de pessoas.

O que se ver nas cidades são pessoas arriscando suas vidas, saindo de suas residencias, seja para receber o auxilio emergencial, renovar o estoque de seus provimentos ou para irem trabalhar.

Como está se comportando o mercado?

Ansiedade é a palavra que retrata nossa realidade, pensando numa visão econômica, hoje  é  grande o número de empresas que tem fechado, fora as demissões em massa por falta de faturamento.

Um lado positivo é que tem crescido bastante o número de startups com soluções para diversos segmentos na pandemia, grandes empresas estão buscando investir nessas idéias e hoje qualquer um pode participar desse tipo de seleção, basta estruturar sua ideia, fazer uma pesquisa de mercado, criar um protótipo e participar de algum programa de investimento.

Como transformar sua empresa com a Inovação | Blog Cysneiros

Inovação e renovação

O mundo procura novas tecnologias disruptivas que nos auxiliam na superação dessa pandemia. Vamos discutir aqui algumas idéias de soluções para diversos setores.

A criação de novas tecnologias que evita o contato direto, por exemplo, subir as chancelas dos estacionamentos, abrir portas, chamar o elevador, etc.

Ideias para o mercado varejista que vem sofrendo bastante agressão com esse isolamento, tais como: apps de delivery, compra e venda de produtos no mercado e atendimento em grandes centros comerciais (shoppings).

O turismo é talvez o setor mais afetado, desde os hotéis que não estão recebendo muitos hóspedes, como agências de viagens, ambos buscam uma forma de superar a crise.

A educação é outro setor bastante afetado, escolas quando não estão fechadas buscam soluções online para a realização das aulas. O desempenho dos alunos vem caindo, pois a grande maioria deles não está acostumada a estudar via vídeo chamadas. O ambiente não é mais o mesmo e a sensação de “não aprender nada” juntamente com a falta de dinheiro, vem provocando a retirada do aluno da escola, mas ainda assim existe a expectativa para que a situação seja resolvida e no próximo ano seja retomada sua jornada educacional.

Pensar no agora pode ser a solução que precisamos, o surgimento de novas tecnologias e a adoção da comunidade sem muitas dificuldades pode proporcionar ao empreendedor uma vantagem competitiva pós-pandemia.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.